As natas de Los Angeles

Natas de LA

Quando foi para Los Angeles tinha o sonho de ser dançarina. Mudou o rumo da vida ao ficar por terras norte-americanas e abrir um negócio onde as estrelas são os pastéis de nata portugueses.

Há 19 anos, a portuguesa Fátima Marques ganhou uma bolsa da Escola de Artes em Londres e foi estudar dança para Los Angeles. Curiosamente, não foi nessa arte que conseguiu sobressair na cidade das celebridades. Agora com 41 anos, Fátima conta com um negócio onde tem como clientes Nicole Kidman e Keith Urban (na fotografia com Fátima), Ben Stiller, Kevin Bacon, Gwen Stefani e Gavin Rosdale, Lucy Lu, Robert Downey Junior, Matt Dillon, Tanya Boyd, John Goodman, Dave Grohl e Jennifer Love Hewitt, entre tantos outros.

Pastries

Ficou a estudar em Los Angeles e entretanto trabalhou como dançarina e cantora. “Por falar seis idiomas consegui ter sempre trabalhos de traducão e legendagem, entre outras coisas”, recorda Fátima Marques. “Trabalhei para uma companhia de turismo, que fazia o transporte para as festas em Los Angeles. Ao fim de três anos fui promovida a directora de marketing e aí comecei a participar mais em festas como Grammy’s, Emmy’s e até fui convidada a ir a Neverland, a casa de Michael Jackson, aqui na Califórnia, como também fui à sua casa em Encino”.

“A ideia de vir para a Califórnia era estudar cá e depois abrir uma escola de dança em Portugal… mas os planos mudaram!”, diz. “Ia muitas vezes a Portugal mas sentia a falta desta vida. Sempre me senti mais livre aqui, com mais oportunidades. Encontrei sempre mais gente como eu… com estrelas nos olhos!”, afirma Fátima Marques. “Em 2003, pensei abrir um café ao estilo português. Na altura fui para Portugal e aprendi a fazer pastéis de nata, com o pasteleiro Paulo Pedroza. Abri depois a loja no dia 10 de Junho de 2005, em honra do dia de Portugal e dos anos da minha mãe”, confidencia a portuguesa.

“No Natas Pastries temos uma grande variedade de pastelaria de Portugal e também gourmet, do resto da Europa, assim como criações nossas. Mas claro que o que se vende mais são os pastéis de nata. Especialmente aos fins-de-semana, que vêm pessoas de San Diego, Santa Barbara e de Las Vegas, que ficam a três e a cinco horas daqui. Para os portugueses significa a saudade, para os americanos é algo que nunca saborearam antes. Adoro ver as caras que fazem quando dão uma dentada num pastel estaladico…uma gratificação imediata!”, revela Fátima Marques.

“Faz agora um ano que alargámos o café e adicionámos a área para servir comida. O ano passado, quando fui de férias a Portugal, vi uns mosaicos lindos, estilo antigo, ideais para o restaurante. Trouxe os azulejos e fazem parte das paredes da sala. Os clientes adoram”, conta. “Agora, estamos a servir pequenos-almoços e almoços e estou a preparar-me para finais do Verão, ou antes, comecar a servir jantares. Ja começámos também a introduzir pratos típicos, como caldeirada, feijoada, bacalhau à brás, amêijoas à Bulhão Pato, empadão, entre outros, e a reacção é óptima”, verifica.

Casada com um americano, Fátima adianta que “comprámos uma casa em Portugal, e nunca se sabe se um dia vamos viver para lá. Por agora eu acho que ainda tenho muito que fazer aqui”. Os pastéis podem ser vistos em http://nataspastries.com.

Foto: DR

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s