Oasis voltam a Portugal para mostrar novo disco

Para muitos, este é um concerto esperado há anos. Os Oasis, liderados pelos irmãos Liam e Noel Gallagher, já não vinham cá desde 2005. A actuação deste sábado, às 21.15 horas, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, marca o regresso.

Há cerca de quatro anos, os britânicos tocaram no Festival Sudoeste, no Alentejo. O espectáculo marcado para esta noite faz parte da maior digressão da banda pela Europa Ocidental, onde os Oasis apresentam o novo álbum, “Dig out your soul”, o sétimo trabalho de estúdio. O disco é o primeiro lançado internacionalmente pela editora do grupo, a Big Brother Recordings.

Este é o quarto concerto do clã Gallagher em Portugal, mas apenas o segundo em nome próprio. A estreia em terras lusas foi em 2000, na Praça Sony, em Lisboa.

Os Oasis são uma banda polémica, muitas vezes, devido ao temperamento dos manos Gallagher – que só quem é fã compreende, assim como os ataques a outros artistas (como Blur ou Coldplay) só são compreendidos pela imprensa britânica. “Vendemos muitos discos com isso”, afirmou Noel, numa entrevista.

Apesar do temperamento especial e da controvérsia em redor dos manos de Manchester, os Oasis foram uma das bandas que marcaram a música dos anos 90. Além de Liam (voz) e Noel (guitarra), os Oasis são formados por Gem Archer (guitarra), Andy Bell (baixo) e Chris Sharrock (bateria).

Tudo começou em 1994, com “Definitely maybe”, álbum que os lançou para a ribalta e que foi considerado, recentemente, pela revista “Q”, o melhor álbum britânico de sempre. Seguiram-se outros trabalhos de êxito, como “(What’s the story) morning glory?”, que trouxe a que é, muito provavelmente, a música mais tocada de dos Oasis, “Wonderwall”.

A primeira parte do concerto vai ser feita pelos ingleses Free Peace, a partir das 20 horas. Foi o próprio Noel Gallagher quem os escolheu para abrir os concertos da digressão europeia. Formados em Agosto de 2008, os Free Peace ainda não editaram nenhum álbum, mas já caíram nas boas graças da imprensa britânica. Apresentam o seu som, muito próximo de Led Zeppelin ou Jimi Hendrix, pela primeira vez em Portugal.

Apesar de as críticas terem sido sobretudo favoráveis, algumas referem que este álbum abandona um poupo a pop que caracteriza os Oasis. Será? Para confirmar, hoje, no Pavilhão Atlântico. Os bilhetes custam entre 28 e 40 euros.

(15 de Fevereiro de 2009)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s