Bem Estar: Casas Feng Shui

feng
Parte integrante da cultura milenar chinesa, o Feng Shui estuda os elementos da natureza e a sua interacção no comportamento humano. Tem como objectivo a harmonização de energias que nos rodeiam, na casa ou no trabalho, de modo a criar um ambiente que potencie as energias positivas para favorecer o nosso bem-estar.

De acordo com Cláudia Machado de Castro, consultora de Feng Shui tradicional, “para uma análise da energia dentro dos imóveis, é necessário saber o ano de construção e os graus magnéticos para quais o edifício está voltado, para se saber qual o tipo de energia que está dentro dos sectores cardeais. A partir daí consegue saber-se onde está a energia da prosperidade, da doença, dos problemas financeiros, saúde, entre outros e anular os maus e destacar os bons”, explica.

A planta, que faz parte de uma consulta do Feng Shui, divide o espaço em oito sectores cardeais e ai vê-se a energia correspondente a cada um dos sectores. “Fazemos a identificação e localização das pessoas nos locais onde costumam estar mais tempo. Se, por exemplo, uma pessoa está sentada no sofá, que está situado num local da energia de doença, o sofá tem de ser deslocado para um sítio com energia positiva. No mesmo espaço, como a sala, ou quarto, podem existir três combinações de energias diferentes”. A “combinação dos elementos água, metal, terra, madeira e fogo são também muito importantes”, atenta a consultora.

Segundo Cláudia Castro, “os pedidos não vêm só para casas, muitas empresas também apostam no Feng Shui para colocarem os trabalhadores nas melhores posições e activar a energia da prosperidade”, conta. A consultora de Feng Shui, que trabalha para todo o país, fala também de simples actos que podem melhorar o bem-estar dentro de um espaço, e que dizem respeito às regras gerais de arquitectura: “Não colocar espelhos em frente a uma cama, portas em frente a janelas, fogões em frente a frigoríficos e mesmo a cabeceira da cama virada para a porta”, são pequenos exemplos de coisas que não se devem fazer “porque anulam energias, ou fazem movimentar as energias e o que se quer é que elas se mantenham”.

“É muito importante saber que cada caso é um caso, daí a necessidade de se ter um estudo que tem como base particularidades que só um edifício tem”, sublinha a consultora. “Nos nossos relatórios descrevemos o que energia está a produzir em cada um dos oito sectores cardeais e apresentamos soluções para activar as energias benéficas (prosperidade, comerciais, saúde etc) , descrevemos também a localização das energias nocivas bem como o que colocar no sector para neutralizar os seus efeitos negativos nos ocupantes”.

Mais informações: http://www.fengshuiportugal.com

(17 de Maio de 2009)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s